Friday, 24 February 2012

Mocidade Independente 2012


Samba Enredo 2012 - Por Ti, Portinari, Rompendo a Tela, a Realidade
G.R.E.S. Mocidade Independente de Padre Miguel

Eu guardei em mim
A mais linda inspiração
Pra exaltar em tua arte
A brasilidade de sua expressão
Desperta gênio pintor
Mostra teu talento, revela o dom
Deixa a estrela guiar
Faz do firmamento, seu eterno lar
Solto no céu feito pipa a voar
Quero te ver qual menino feliz
Planta a semente do sonho em verde matiz

Emoção, me leva...
Livre pincel a deslizar
Vou navegar, desbravador
Um errante sonhador

Voar pelas asas de um anjo
Num céu de azulejos pedir proteção
Vida de um retirante
No sol escaldante que queima o sertão
Moinhos vencer... Histórias de amor
Riscar poesias em lápis de cor
Você, que do morro fez vida real
Pintou nossos lares num lindo mural
Você, retratando a alma, se fez ideal
Meu samba canta mensagens de "guerra e paz"
Seu nome será imortal em nosso carnaval

É por ti que a mocidade canta
Portinari, minha aquarela
Rompendo a tela, a realidade
Na voz da minha Mocidade

Tuesday, 21 February 2012

Mangueira 2012


Salve a tribo dos bambas
Um doce refúgio de inspiração
Salve o Palácio do Samba onde um simples verso se torna canção
Debaixo da tamarineira um índio guerreiro me fez recordar
Um lugar, um berço popular
Seguindo com os pés no chão
Raiz que se tornou religião
Da boêmia dos antigos carnavais
Não esquecerei jamais

Vem no batuque
Que eu quero sambar (me leva)
Já começou a festa
Esqueça a dor da vida
Caciqueando na Avenida

Sim, vi o bloco passando
O nobre rezando e o povo a cantar
Sim, é o nó na garganta
Ver o Bafo da Onça a desfilar
Chora, chegou a hora eu não vou ligar
Minha cultura é arte popular
Nasceu em 'Fundo de Quintal'
Sou imortal e eu vou viver
Agonizar não é morrer
Mangueira fez o meu sonho acontecer
O povo não perde o prazer de cantar
O povo liberto que a voz ecoou
Respeite quem pôde chegar onde a gente chegou

Vem festejar
Na palma da mão
Eu sou o samba, a voz do morro
Não dá pra conter tamanha emoção
Cacique e Mangueira num só coração

Monday, 20 February 2012

Beija Flor 2012


São Luís – O Poema Encantado do Maranhão

Autores: J.Veloso, Adilson China, Carlinhos do Detran, Samir Trindade, Serginho Aguiar, JR Beija-Flor, Silvio Romai, Hugo Leal, Gilberto Oliveira, Ricardo Lucena, Thiago Alves e Romulo Presidente.

Tem magia em cada palmeira que brota em seu chão
O homem nativo da terra
Resiste em bravura
A dor da invasão
Do mar vêm três coroas
Irmão seu olhar mareja
No balanço da maré
A maldade não tem fé sangrando os mares
Mensageiro da dor
Liberdade roubou dos meus lugares
Rompendo grilhões, em busca da paz
Na força dos meus ancestrais

Na Casa Nagô a luz de Xangô axé
Mina Jêje em ritual de fé
Chegou de Daomé, chegou de Abeokutá
Toda magia do Vodun e do Orixá

Ê rainha o bumba-meu-boi vem de lá
Eu quero ver o Cazumbá, sem a serpente acordar
Hoje a minha lágrima transborda todo mar
Fonte que a saudade não secou
Ó Ana assombração na carruagem
Os casarões são a imagem
Da história que o tempo guardou
No rádio o reggae do bom
Marrom é o tom da canção
Na terra da encantaria a arte do gênio João

Meu São Luís do Maranhão
Poema Encantado de Amor
Onde canta o sabiá
Hoje canta a Beija-Flor

Monday, 13 February 2012

Bob marley - Natural Mystic



There's a natural mystic
Blowing through the air
If you listen carefully now you will hear
This could be the first trumpet
Might as well be the last
Many more will have to suffer
Many more will have to die
Don't ask me why
Things are not the way they used to be
I won't tell no lie
One and all got to face reality now

Though I try to find the answer
To all the questions they ask
Though I know it's impossible
To go living through the past
Don't tell no lie
There's a natural mystic
Blowing through the air
Can't keep them down
If you listen carefully now you will hear
Such a natural mystic
Blowing through the air

This could be the first trumpet
Might as well be the last
Many more will have to suffer
Many more will have to die
Don't ask me why
There's a natural mystic
Blowing through the air
I won't tell no lie
If you listen carefully now, you will hear

Magia Natural
Há uma magia natural
Soprando através do ar
Se você escutar cuidadosamente agora você vai ouvir
Isto poderia ser a primeira trombeta
Talvez também ser a última
Muitos mais terão que sofrer
Muitos mais terão que morrer
Não me pergunte por quê
As coisas não são do jeito que costumavam ser
Eu não vou dizer nenhuma mentira
Um e todos temos que encarar a realidade agora

De qualquer forma eu tento encontrar a resposta
Para todas as questões que perguntarem
Apesar de saber que é impossível
Para viver o passado
Não conte nenhuma mentira
Há uma magia natural
Soprando através do ar
Não é possível mantê-la
Se você escutar cuidadosamente agora você vai ouvir
Como uma magia natural
Soprando através do ar

Isto poderia ser a primeira trombeta
Talvez também ser a última
Muitos mais terão que sofrer
Muitos mais terão que morrer
Não me pergunte por quê
Há uma magia natural
Soprando através do ar
Eu não vou dizer nenhuma mentira
Se você escutar cuidadosamente agora, você vai ouvir

Sunday, 12 February 2012

Whitney Houston - I have nothing


Share my life
Take me for what I am
Cause I'll never change
All my colors for you
Take my love
I'll never ask for too much
Just all that you are
And everything that you do

I don't really need to look very much further
I don't wanna have to go where you don't follow
I won't hold it back again,this passion inside
Can't run from myself there's no where to hide

Don't make me close one more door
I don't wanna hurt anymore
Stay in my arms if you dare
Or must I imagine you there
Don't walk away from me
I have nothing, nothing, nothing
If I don't have you

You see through right to the heart of me
You break down my walls
With the strength of your love
I never knew love like I've known it with you
Will our memory survive
One I can hold on to

I don't really need to look very much farther
I don't wanna have to go where you don't follow
I'm hold back again this passion inside I can't run from
Myself there's nowhere to hide
Your love I'll remember forever

Don't make me close one more door
I don't wanna hurt anymore
Stay in my arms if you dare
Or must I imagine you there
Don't walk away from me
I have nothing, nothing, nothing
If I don't have you

Don't make me close one more door
I don't wanna hurt anymore stay in
My arms if you dare
Or must I imagine you there
Don't walk away from me no,
Don't walk away from me
Don't you dare walk away from me
I have nothing, nothing, nothing
If I don't have you you
If I don't have you
Oh, oh, oh

Thursday, 9 February 2012

Coldplay - Beautiful World


Intro: Fmaj7 x4


Am C Fmaj7
Bones sinking like stones all that we fought for

Am C Fmaj7
Homes places we've grown, all of us are done for

Dm Am
We live in a beautiful world

G
Yeah we do, yeah we do

Dm Am
We live in a beautiful world

Am C Fmaj7
Bones sinking like stones all that we fought for

Am C Fmaj7
Homes places we've grown, all of us are done for

Dm Am
We live in a beautiful world

G
Yeah we do, yeah we do

Dm Am
We live in a beautiful world

Solo: Am C Fmaj7 Fmaj7 x2

Dm Am
We live in a beautiful world

G
Yeah we do, yeah we do

Dm Am
We live in a beautiful world

Am C Fmaj7
Oh all that I know, there's nothing here to run from

Am C Fmaj7
Cos' yeah, everybody here's got somebody to lean on

Mundo belo

Ossos estão afundando como pedras
Tudo o que temos para cair
Casas, lugares onde crescemos
Todos que nós fizemos

E nós estamos vivendo em um mundo belo(estamos, sim, estamos, sim)
Nós vivemos em um mundo belo

Ossos estão afundando como pedras
Tudo o que temos para cair
Casas, lugares onde crescemos
Todos que nós fizemos

E nós estamos vivendo em um mundo belo(estamos, sim, estamos, sim)
Nós vivemos em um mundo belo

Oh!tudo o que eu sei é que não tem para onde ir
Porque, sim todos aqui tem alguém para se apoiar

Tuesday, 7 February 2012

Raul Seixas - Por quem os sinos dobram


Raul Seixas

Nunca se vence uma guerra lutando sozinho
Cê sabe que a gente precisa entrar em contato
Com toda essa força contida e que vive guardada
O eco de suas palavras não repercutem em nada

É sempre mais fácil achar que a culpa é do outro
Evita o aperto de mão de um possível aliado, é...
Convence as paredes do quarto, e dorme tranqüilo
Sabendo no fundo do peito que não era nada daquilo

Coragem, coragem, se o que você quer é aquilo que pensa e faz
Coragem, coragem, eu sei que você pode mais

É sempre mais fácil achar que a culpa é do outro
Evita o aperto de mão de um possível aliado
Convence as paredes do quarto, e dorme tranqüilo
Sabendo no fundo do peito que não era nada daquilo

Coragem, coragem, se o que você quer é aquilo que pensa e faz
Coragem, coragem, eu sei que você pode mais.

Sunday, 5 February 2012

Dave Matthews Band - Where Are You Going?



Where are you going with the long face pulling down?
Don't hide away like an ocean
But you can't see, but you can smell and the sound of wavescrash down

I am no superman, I have no answers for you
I am no hero, that's for sure, but I do know one thing
Where you are is where I belong
I do know where you go is where I wanna be
Where are you going?
Where do you go?

Are you looking for answers, to questions under the stars?
If along the way you are growing weary
You can rest with me until a brighter day, you´re okay

I am no superman, and I have no answers for you
I am no hero, oh that´s for sure, but I do know one thing
Where you are is where I belong
I do know where you go I do know, is where I wanna be
Where are you going?
Where do you go?

Where do you go?
Where are you going?
Where do you go?

I am no superman, and I have no answers for you
I am no hero, oh that´s for sure, but I do know one thing
Where you are is where I belong
I do know where you go I do know, is where I wanna be
Where are you going?
Where do you go?

Aonde Você Vai?
Onde você está indo com esta cara amarrada?
Não se esconda como um oceano
Que você não consegue ver mas pode sentir o cheiro e o som das ondas batendo

Eu não sou um super homem, eu não tenho razões para você
Eu não sou herói, Oh, com certeza, mas de uma coisa eu sei
Onde você está é o lugar ao qual pertenço
Eu sei que onde você for é onde eu quero estar
Onde você está indo?
Onde você vai?

Você está procurando por respostas para perguntas abaixo das estrelas?
Se no meio do caminho você começar a se cansar
Você pode descansar comigo até um dia mais claro e você estiver OK

Eu não sou um super homem, eu não tenho razões para você
Eu não sou herói,Oh, com certeza, mas de uma coisa eu sei
Onde você está é o lugar ao qual pertenço
Eu sei que onde você for é onde eu quero estar
Onde você está indo?
Onde você vai?

Onde você vai?
Onde você está indo?
Onde você vai?

Eu não sou um super-homem, eu não tenho respostas para você
Eu não sou herói, Oh, com certeza, mas de uma coisa eu sei
É que onde você está é o lugar ao qual pertenço
Eu sei que onde você for é onde eu quero estar
Onde você vai?
Onde você está indo?

Friday, 3 February 2012

Sublime - Santeria


I don't practice santeria, I ain't got no crystal ball
Well, I had a million dollars but I, I'd spend it all
If I could find that heina and that Sancho that she's found
Well, I'd pop a cap in Sancho and I'd slap her down

What I really wanna know, my baby
What I really wanna say I can't define
Well, it's love that I need oh, whoa

My soul will have to wait 'til I get back
Find a heina of my own, daddy's gonna love one and all
I feel the break, feel the break, feel the break
And I gotta live it up, ohh, yeah, huh
Well, I swear that I

What I really wanna know, oh baby
What I really wanna say I can't define
But love makes me dull
My soul will have to...

(solo)

Ooh, what I really wanna say, I'm petty
What I really wanna say is I've got mine
And I'll make it, yes, I'm comin' up
Tell Sanchito that if he knows what is good for him
He'd best go run and hide: daddy's got a new .45
And I won't think twice to stick that barrel straight down Sancho's throat
Believe me when I say that I got something for his punk ass

What I really wanna know, my baby, oooh
What I really wanna say is there's just one
Way back and I'll make it, yeah
Well, my soul will have to wait...

Bruxaria
Eu não pratico bruxaria , não tenho bola de cristal
Eu tinha um milhão de dólares, mas gastei tudo
Se eu pudesse achar aquela rainha e aquele Sancho com quem ela se meteu
Eu estouraria o Sancho e eu a espancaria

Eu realmente quero saber, amor
E tudo o que eu quero dizer eu não consigo explicar
É de amor que preciso

Mas minha alma terá de esperar até eu me recuperar
E encontrar a minha própria rainha , papai irá amar a todos
Eu sinto a pancada
E eu tenho de viver com isso
Eu juro que

Eu realmente quero saber
E tudo o que eu realmente quero dizer eu não consigo
Esse amor me faz ir
Minha alma terá que...

(Solo)

O que eu realmente quero dizer, sou pequeno
E tudo o que eu realmente quero dizer é eu tenho o meu
E o farei, sim, estou me levantando
Diga ao Sanchito que se ele souber o que é bom para ele
É melhor ele se apressar e ir embora: papai tem uma nova arma 45
E eu não vou pensar duas vezes vou meter o cano direto na garganta de Sancho
Acredite em mim quando eu digo que eu tenho algo para aquele traseiro podre

O que eu realmente quero dizer
É que se existe só um
Caminho de volta e eu o farei
Mas minha alma terá de esperar...

Wednesday, 1 February 2012

Milton Nascimento - Bola de Meia,Bola de Gude


Milton Nascimento

Há um menino
Há um moleque
Morando sempre no meu coração
Toda vez que o adulto balança
Ele vem pra me dar a mão

Há um passado no meu presente
Um sol bem quente lá no meu quintal
Toda vez que a bruxa me assombra
O menino me dá a mão

E me fala de coisas bonitas
Que eu acredito
Que não deixarão de existir
Amizade, palavra, respeito
Caráter, bondade alegria e amor
Pois não posso
Não devo
Não quero
Viver como toda essa gente
Insiste em viver
E não posso aceitar sossegado
Qualquer sacanagem ser coisa normal

Bola de meia, bola de gude
O solidário não quer solidão
Toda vez que a tristeza me alcança
O menino me dá a mão
Há um menino
Há um moleque
Morando sempre no meu coração
Toda vez que o adulto fraqueja
Ele vem pra me dar a mão